Com a volta de atividades presenciais, empresas utilizam tecnologia como forma de prevenção à COVID-19

0

Com uma grande parcela dos escritórios já se adaptando para a retomada, a utilização de aplicativos e soluções tecnológicas podem dar segurança no trabalho

A utilização de tecnologia e ferramentas digitais foram fundamentais para o período de trabalho remoto. Porém, com o retorno das atividades presenciais, elas serão ainda mais importantes, principalmente para o controle vacinal e acompanhamento da saúde dos profissionais, algo que pode dar mais segurança para as instituições e para os profissionais. Segundo relatório da consultoria KPMG, 48% das empresas devem voltar às atividades em 2022, e 52% voltam à normalidade ainda este ano.

Para Everton Cruz, CEO da Mooh!Tech , empresa de tecnologia desenvolvedora de software para a saúde e controle vacinal, será um momento de adaptação a uma nova forma de trabalhar. “A responsabilidade neste momento será coletiva e as empresas precisarão se adaptar de forma rápida usando as novas tecnologias como suas aliadas. Estar atento à saúde dos profissionais é um planejamento que pode auxiliar, até mesmo, na diminuição de custos da empresa, considerando a possibilidade de períodos de licenças e afastamentos por doenças”, afirma.

Em tempos de pandemia, as empresas precisam compreender os novos desafios e o primeiro passo é a instauração de protocolos para receber os funcionários, opinou o executivo. A utilização de controles de vacinados ou não vacinados na entrada do local, por meio de uma certificação digital, além de acompanhar o prontuário dos colaboradores, por meio de um banco de dados, podem ser soluções viáveis. “O planejamento e o trabalho bem feito, pode fazer toda a diferença neste momento. Além disso, todo o controle pode ser realizado utilizando bancos de dados na própria companhia”, explica o CEO.

Responsabilidade social e profilática

Everton Cruz também afirma que o momento é de responsabilidade, segurança e empatia, e que todas as ações devem pensar nos impactos para os colaboradores, suas famílias e toda a comunidade ao redor.

“A responsabilidade profilática deve ser um norte de todas as corporações neste momento. Não bastará apenas voltar às atividades sem pensar no próximo e como nossas ações afetarão o futuro”, disse Cruz. Entre os pontos levantados pelo empresário está o fato de que a prevenção pode diminuir custos futuros, como é o caso dos encargos que são gerados por funcionários que podem ficar doentes, ampliar o vírus na empresa e gerar um efeito dominó de afastamentos.

Na opinião do executivo, se as medidas de controle não forem tomadas, isso poderá gerar mais gastos da empresa no futuro. “Todos esses pontos precisam estar alinhados, tal como o controle da vacinação na entidade. Mais do que tudo é necessário o acompanhamento da saúde do profissional”, acrescentou Everton.

Sobre a Mooh!Tech

A Mooh!Tech é uma empresa franco-brasileira de tecnologia, com sede em Paris e escritórios no Recife, São Paulo e Brasília. A startup é quem desenvolveu a plataforma Chronus que oferece, entre suas soluções, a possibilidade de as empresas acompanharem a saúde dos seus profissionais. Além disso, o app tem a capacidade de ser um passaporte da vacina, totalmente digital. É a combinação entre tecnologia e segurança sanitária, capaz de se tornar um verdadeiro prontuário virtual.
Por: Press FC Assessoria e Consultoria / Foto Ilustrativa: Pexels
Share.

About Author

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Clique nas capas abaixo para acessar o conteúdo digital das edições: