Parceria no mercado de TI destaca metodologia APR-DRG de classificação de pacientes

0

Notícia recente do mercado de TI em Saúde promete voltar as atenções das instituições hospitalares brasileiras à metodologia para classificação de pacientes denominada Agrupamento Relacionado ao Diagnóstico Refinado do Paciente (APR-DRG), de propriedade da multinacional 3M e, segundo a companhia, “amplamente usada nos Estados Unidos e em muitos outros países do mundo”.

A 3M do Brasil e a 3M Health Information Systems, sediada nos EUA, divulgaram na semana passada, na página da 3M do Brasil na internet, parceria com a brasileira 2iM Inteligência Médica S.A com foco no APR-DRG. 

O anúncio já havia sido feito em maio pela 2iM, em nota divulgada no seu site oficial. No texto, a 2iM afirma que a parceria “alavancará a experiência global da 3M na implantação de soluções de software que melhoram o desempenho clínico e financeiro das instituições, unindo a análise da área de saúde ao profundo conhecimento do mercado de assistência médica brasileira da 2iM”. 

A matéria publicada pela 3M informa que, por meio da parceria, as duas empresas poderão disponibilizar no mercado brasileiro, “de forma independente ou em conjunto, soluções para clientes que atuam na área da saúde e seus prestadores de serviços — hospitais, clínicas e convênios médicos —, proporcionando análises de dados sobre os serviços médicos realizados”. 

Segundo a 3M e a 2iM, entre os maiores benefícios do APR-DRG está o fato de se considerar na análise de dados, em todos os casos, a gravidade da doença e o risco de mortalidade do paciente. A promessa é de oferecer “uma estrutura eficaz para monitoramento da qualidade do atendimento e dos serviços utilizados em ambientes hospitalares” e “um sistema de reembolso hospitalar justo e equitativo, de fácil entendimento para os usuários e fornecedores”.

A divulgacão da 3M está disponível em news.3m.com/pt e o anúncio da 2iM pode ser acessado em 2im.com.br.  

FONTES: 3M do Brasil/3m.com.br; 2iM Inteligência Médica/2im.com.br.

Share.

About Author

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Clique nas capas abaixo para acessar o conteúdo digital das edições: