Einstein lança campanha baseada em histórias reais para estimular o cuidado com a saúde cardiovascular

0

Em celebração ao Dia Mundial do Coração, a iniciativa intitulada “Bucket List – Tudo o que você espera fazer pelo menos uma vez na vida” alerta sobre a importância da adoção de hábitos saudáveis em prol do bem-estar próprio e também de familiares e pessoas queridas

O Hospital Israelita Albert Einstein lança, hoje, em celebração ao Dia Mundial do Coração, uma campanha de conscientização para incentivar as pessoas a cuidarem da saúde cardiovascular desde cedo, como forma de evitar o surgimento de doenças ao longo da vida. A ação, chamada de “Bucket List – Tudo o que você espera fazer pelo menos uma vez na vida”, busca sensibilizar o público por meio de um experimento social baseado em famílias que perderam entes queridos devido aos problemas do coração.

“O Einstein enxerga datas como o Dia Mundial do Coração como oportunidades para reforçar a importância de cuidados que devem ser tomados ao longo de toda a vida. Quando pensamos no coração, é sempre bom lembrar do poder que pequenos hábitos têm de preservar a saúde, como se movimentar diariamente, se alimentar de forma equilibrada, evitar bebidas alcoólicas em excesso, não fumar e preservar a saúde mental”, alerta Dr. Marcelo Franken, Gerente Médico da Cardiologia do Einstein.

Por meio de um vídeo, veiculado no YouTube, Facebook e Instagram do hospital, com o mote “Se seu coração bate por alguém, cuide bem dele”, a iniciativa busca evidenciar que a prevenção é uma das principais maneiras de reduzir mortes por doenças cardíacas. A ideia é sensibilizar pessoas que ainda não começaram a cuidar da saúde do coração, mostrando listas de desejos reais de pais e mães que morreram jovens e não puderam compartilhar momentos importantes de suas vidas com seus filhos.
Para assistir, basta acessar o link: https://www.youtube.com/watch?v=yfICvGm4JjU .

Dr. Franken lembra que muitas pessoas só percebem a importância de cuidar da própria saúde quando entendem o quanto o seu próprio bem-estar impacta a vida de seus familiares e pessoas queridas. “Estamos interligados. Dessa forma, quando eu me preocupo com minha saúde, também estou cuidando das pessoas que me cercam e que são importantes na minha vida”, reflete.

No Brasil, aproximadamente 14 milhões de brasileiros têm alguma doença cardiovascular assintomática, descoberta apenas quando algum quadro grave se manifesta, como um infarto ou AVC. Para Dr. Pedro Lemos, Gerente Médico de Cardiologia Intervencionista no Einstein, “esse é um cenário preocupante, pois o índice de mortalidade nesses pacientes, especialmente os que não adotavam práticas de prevenção, tende a ser maior. Por isso a importância de priorizar a saúde do coração desde a infância, com a identificação dos fatores de risco e abordagem precoce, reduzindo as chances de morte prematura”.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia estima que, ao final desse ano, quase 400 mil brasileiros morrerão em decorrência de doenças cardiovasculares, o que corresponde a 30% de todas as mortes no País – números que podem ser agravados pela pandemia da Covid-19. São mais de 1.100 mortes por dia, uma a cada 90 segundos. E os dados não refletem apenas a realidade nacional, já que essas doenças são as principais causas de morte em todo o mundo, tirando cerca de 17,9 milhões de vidas anualmente.

Para mais informações, acesse: https://www.einstein.br/diamundialdocoracao.

Sobre a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein

A Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein é uma sociedade civil sem fins lucrativos. Tem 66 anos de história e atua nas áreas de assistência à saúde pública e privada, educação e ensino, pesquisa e inovação e responsabilidade social. Conta com 15 mil colaboradores e um corpo clínico com cerca de 10 mil médicos. Seu compromisso com o desenvolvimento amplo do sistema de saúde se traduz no desenvolvimento de projetos de melhoria e na contribuição da construção de novos modelos de trabalho ajustados aos desafios atuais. O Einstein integra fóruns nacionais e internacionais de discussão e participa ativamente de iniciativas conjuntas com o poder público, órgãos reguladores, hospitais, operadoras de planos de saúde e entidades setoriais para o desenvolvimento do sistema de saúde brasileiro.
Share.

About Author

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Clique nas capas abaixo para acessar o conteúdo digital das edições: