Einstein entrega seu primeiro projeto internacional de Consultoria em Saúde, o hospital Clínica de Las Americas

0

Com o projeto, organização expande para além-fronteiras seus valores de excelência na saúde, eficiência operacional e segurança do paciente

 

São Paulo, 29 de junho de 2022 – Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, será sede do primeiro hospital fora do Brasil planejado com apoio do Einstein. O projeto para a criação e implementação da Clínica de Las Americas, do grupo Nacional Inversiones, começou há três anos e marca a primeira contribuição da Consultoria do Einstein fora do país. Com isso, o propósito da organização de ajudar a melhorar a saúde expande-se para outras regiões fora do Brasil por meio do compartilhamento de conhecimento, práticas e capacitação dos profissionais que atuam no setor.

“Nosso compromisso desde a fundação é perseguir a excelência na assistência à saúde e levar esse conhecimento a toda a sociedade, seja por meio da gestão das 27 unidades públicas de saúde que fazemos em São Paulo há 20 anos, dos 35 projetos com o Ministério da Saúde por meio Proadi-SUS, das pesquisas científicas que produzimos, pelos serviços prestados a instituições de saúde Brasil afora ou pelo desenvolvimento de inovações em diversos âmbitos. A Consultoria é um importante braço para contribuirmos para o desenvolvimento da qualidade na área da saúde”, afirma Henrique Neves, diretor geral do Einstein. “Agora, a partir de São Paulo, levamos à América Latina nossos conhecimentos de qualidade, eficiência operacional e segurança do paciente com a Clínica de Las Americas”, diz.

O projeto para a Bolívia envolveu estudos para definição do perfil populacional, necessidades locais e epidemiologia, que serviram de base para definir desde as especialidades, serviços e número de leitos oferecidos, até à capacitação de corpo clínico. Também contou com um time multidisciplinar de especialistas do Einstein, para apoiar na definição de infraestrutura, e equipamentos, desenho de processos internos, protocolos, organização e dimensionamento de equipes de trabalho, planejamento de contratação de pessoas e organização e implantação dos serviços como UTI, Centro Cirúrgico, emergência e demais, além de toda a infraestrutura de apoio.

Previsto para começar a operar no segundo semestre de 2022, o hospital de alta complexidade passa a funcionar inicialmente com 60 leitos – com 175 na maturidade, que deve ser alcançada em dois anos — e área de diagnóstico, que permitirá a melhoria da assistência à saúde, particularmente na alta complexidade, naquele país.

“O processo resulta de uma vasta experiência no Brasil, tanto em projetos de implantação de serviços, como a de emergência ou centro cirúrgico, e de protocolos de saúde para escolas, organizações públicas e privadas de todo o país, à idealização completa de um novo hospital, como é o caso da Clínica de Las Americas”, informa Anarita Buffe, diretora de Desenvolvimento de Projetos e Consultoria do Einstein. “A execução dos projetos, observa, inclui a capacitação e suporte na operacionalização dos serviços, sempre com foco na assistência e gestão, até que o modelo esteja estável e sustentável a longo prazo”, afirma Anarita.

 

Clinica de Las Americas

 

O Einstein fez inicialmente um estudo para entender se, naquele local, existia a viabilidade para a execução do projeto proposto. Com os resultados em mãos, definiu-se a configuração do projeto, e foi feita a revisão do projeto arquitetônico, avaliando pontos como fluxos de pessoas, de materiais e de resíduos, a segurança da equipe assistencial e outros pontos considerados cruciais para uma estrutura de saúde. A equipe também foi capacitada pelo Einstein. Os gestores, líderes, recursos humanos e até profissionais da linha de frente foram treinados e puderam vivenciar processos e experiências do dia a dia do Hospital Israelita Albert Einstein.

“O objetivo do nosso novo projeto é que a população boliviana se beneficie de cuidados avançados e do melhor nível médico e tecnológico. Seremos uma instituição que fará alianças com as principais seguradoras, fundos de saúde e Estado, oferecendo amplas oportunidades de acesso. Não existe oferta hospitalar mais completa em toda a região. Por isso, esperamos projetar os nossos serviços por toda a Bolívia, bem como para países e regiões vizinhas”, afirma José Luis Camacho, Presidente do Conselho de Administração da Clínica de Las Américas.

Segundo Camacho, os diferenciais oferecidos pela Clínica de Las Américas são muito importantes não só para Santa Cruz de La Sierra, mas também para a Bolívia. “Seremos, por exemplo, o quarto país da América Latina com ressonância magnética e tomógrafo. A sala de cirurgia, em termos de tamanho e equipamentos, também são ativos muito importantes para a Bolívia”, afirma.

 

Consultoria Einstein

Um dos exemplos de atuação da Consultoria no Brasil é o da Unidade Einstein em Goiânia. O estudo foi feito em 2016, para o então Hospital Órion, que viria a fazer parte de um complexo que contaria com hotel, um centro comercial, consultórios e clínicas, inaugurado em 2019. Incorporada no ano passado pelo Einstein, a unidade conta com pronto atendimento 24 horas, medicina diagnóstica e ambulatorial, além de 140 leitos construídos, 40 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e centro cirúrgico com nove salas, duas dedicadas à hemodinâmica. Além disso tem seis leitos na ala de transplante de medula óssea (TMO). O centro cirúrgico tem nove salas inteligentes, duas dedicadas à hemodinâmica. A primeira plataforma de cirurgia robótica de Goiânia, Da Vinci Xi, está em operação desde 17 de janeiro, já tendo realizado mais de 100 cirurgias.

Por: Máquina CW / Foto Ilustrativa: Freepik

Share.

About Author

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Clique nas capas abaixo para acessar o conteúdo digital das edições: