Dia Mundial da Incontinência Urinária – condição atinge 15% dos homens acima dos 40 anos no Brasil

0

Há tratamentos eficientes no país que ajudam as pessoas com incontinência a terem mais qualidade de vida

De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, é difícil mensurar a quantidade de pessoas que têm algum grau de incontinência – condição relacionada à perda involuntária de urina – porque muitos homens e mulheres têm vergonha de falar sobre o assunto ou ainda acham que não existe tratamento efetivo. Porém, estima-se que, no mundo, 200 milhões de pessoas tenham algum grau de incontinência.

“A incontinência urinária atinge 10 milhões de brasileiros de todas as idades, sendo duas vezes mais comum no sexo feminino, afirma a Sociedade Brasileira de Urologia. É um problema que afeta todas as faixas etárias, mas acomete mais a população idosa”, comenta o urologista Rodrigo Brasileiro, membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia.

Tipos de incontinência e tratamentos

De acordo com o especialista, a gravidade da incontinência varia. “Em alguns casos, a pessoa não consegue segurar a urina ao fazer esforços como tossir ou espirrar, em outros casos, a vontade de urinar é tão súbita e forte que não dá tempo de chegar a um banheiro”, explica.

O médico ressalta ainda que as causas também variam e são distintas. “A avaliação de um urologista é fundamental para definir o tipo de incontinência e o tratamento adequado. “Pode ser um problema intrínseco do próprio esfíncter urinário, distúrbio de função do aparelho urinário ou ser mais um sintoma de uma patologia prostática – condição que acomete cerca de 50% dos homens que passam por uma cirurgia de câncer de próstata”, afirma.

Sobre os tratamentos, o urologista esclarece: “existem tratamentos específicos para cada tipo de incontinência, que podem ser desde fisioterapia de reabilitação do assoalho pélvico, tratamentos medicamentosos, ou tratamentos cirúrgicos”. No Brasil, existem duas cirurgias disponíveis: implantação de Sling, que funciona como uma tipóia, que sustenta o canal da urina ou implantação de um esfíncter artificial, que é um pequeno anel em volta da uretra, totalmente contido no corpo e imperceptível, que passa a ser o responsável pelo controle da urina.

If you don’t want to receive any more releases from this agency follow this link.

Share.

About Author

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Clique nas capas abaixo para acessar o conteúdo digital das edições: