Campanha contra agressão nos profissionais da área de saúde

0

Profissionais da área de saúde são vítimas de agressão. Em uma pesquisa feita pelo CREMESP, COREN e CRF, foi apontado que 7 a cada 10 profissionais já sofreram agressão, sejam elas físicas ou verbais.
Foram ouvidos 6.832 profissionais, onde foi relatado que 70% dos médicos e 60% dos enfermeiros sofrem algum tipo de agressão do público. 90% dos enfermeiros e 47% dos médicos disseram que já foram vítimas de violência verbal. Já com relação à agressão física, 21% dos enfermeiros e 18% dos médicos afirmaram terem sido vítimas de violência praticada por pacientes, acompanhantes e familiares.
Dentre os motivos para agressão foi constatado que a demora e fila para atendimento são as principais causas. A situação passou a ser alarmante e fez com que campanhas como “Violência não resolve” e agora a mais recente “Quem cuida, merece respeito” fossem anunciadas. Para o presidente da CREMESP, Lavínio Nilton Camarim, essa violência só acontece porque falta estrutura nos hospitais, gerando atraso nos atendimentos e esse problema atinge tanto médico quanto o paciente. Por isso Camarim ressalta “é necessário primeiro, respeito, e também atendimento das reivindicações quanto a investimento na saúde, especialmente no setor público”.
Porém com o lançamento da campanha “Quem cuida, merece respeito”, as entidades esperam que os pacientes tenham consciência que a violência, além de não resolver, ainda prejudica o atendimento.

fonte: Cofen e Coren

Share.

About Author

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Clique nas capas abaixo para acessar o conteúdo digital das edições: