Revista Nursing

ABRAIDI organiza evento inédito sobre normas e ensaios de implantes

O 1º Workshop Normas e Ensaios de Implantes – A Segurança dos Implantes e o Estado da Arte no Desenvolvimento dos Produtos foi organizado pela Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores deImplantes – ABRAIDI, no Novohotel Jaraguá, em São Paulo. O evento, realizado pela primeira vez, teve o apoio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA e a parceria da Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde – ABIMED e Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios – ABIMO.

“O inédito da iniciativa está na reunião, no Brasil, de especialistas internacionais, nacionais e da ANVISA na discussão de como projetar e produzir produtos seguros e eficazes. Desde a avaliação ampla de todos os riscos relacionados aos implantes até sua utilização, incluindo cumprimento de normas e realização dos ensaios necessários à demonstrar a adequação dos produtos ao uso, dentro de riscos conhecidos e controlados”, explica o diretor médico da ABRAIDI, Dr. Sérgio Madeira.
As apresentações tiveram a participação de engenheiros com pHD e dezenas de anos de experiências em indústrias globais como Johnson & Johnson, Stryker, Medtronic, Zimmer-Biomet, Wright, locais como Osteomed, Hexagon, além de integrantes da academia, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC e laboratórios de testes brasileiros.
“Foram dois dias de intensa troca de conhecimento e solidificação de conceitos, para uma plateia de 170 profissionais de mais de 80 empresas de importação e distribuição de Dispositivos Médicos Implantáveis – DMIs”, lembra Dr. Madeira.
Para o diretor técnico da ABRAIDI, os conferencistas convidados representam o “porte de uma universidade, um MIT itinerante”. A qualidade dos implantes usados no Brasil está referendada por produtos com índice baixo de falhas e vida útil longa, como próteses de quadril e de joelho. “O trabalho da ANVISA, nos últimos 10 anos, contribuiu decisivamente para isso, inclusive para aprimoramento da indústria nacional”, destaca Dr. Sérgio Madeira.